Cultura e literatura brasileira são divulgadas no mundo

Há oito anos, a brasileira Nadia Kerecuk criou o projeto “ Brazilian Bilingual Book Club ” na embaixada brasileira em Londres. Todo semestre, ela seleciona obras literárias do Brasil para serem lidas e debatidas por pessoas de diversos países. Atualmente, há mais de 250 membros como funcionários públicos, diplomatas, professores, da “Irlanda, Espanha, França, Alemanha, Bulgária, México, Chile e, claro, do Brasil”, explica. O fato de ser bilíngue atraiu mais participantes, que leem as obras em inglês e português, e depois debatem naquela língua.

Especialista em leitura por prazer, Kerecuk desenvolveu, ao longo dos anos, “várias maneiras de promover a leitura para que as pessoas se encantem”. Ela foi bolsista CAPES no mestrado em Linguística na Universidade Federal do Paraná (UFPR), há 36 anos, e no doutorado no Reino Unido, na School of Slavonic and East European Studies University College London, University of London . Na embaixada, é cocoordenadora dos exames Cepel-Bras no Reino Unido e fora dela, estudiosa independente, historiadora de ideias em ciências da linguagem.

A ideia do clube de leitura foi promover a cultura e atrair a comunidade brasileira no exterior e outras pessoas com apreço pela literatura nacional. Os encontros acontecem uma vez por mês em formato híbrido – presencial e virtual – e há uma grande celebração anual que já virou tradição. Kerecuk comenta que é um dos pontos altos: “é uma brincadeira mais ampla com os livros lidos no ano; são feitas várias perguntas e quem tiver a maior e a menor pontuação ganha um prêmio, que é um livro”. São servidos pratos e bebidas típicas do Brasil.

Em 2019, o primeiro ano do book club (2015) virou a obra que leva o mesmo nome do projeto. Ele traz os doze livros trabalhados naquele ano, entre eles Dom Casmurro, O Cortiço, Quincas Borba e Gabriela, Cravo e Canela. Há, também, um capítulo em que ensina como criar e administrar um clube do livro. Para ser membro do Brazilian Bilingual Book Club , basta enviar um e-mail a nadia.kerecuk@itamaraty.gov.br .

Promoção da Língua Portuguesa pela CAPES
A CAPES mantém um programa para promover a língua portuguesa e a literatura brasileira nas Instituições de Ensino Superior Estrangeiras (IES). Pelo Programa Leitorado são concedidas bolsas individuais para dar maior visibilidade internacional à cultura do Brasil, ampliar o acesso de professores a centros de excelência, e a colaboração entre instituições nacionais e estrangeiras.

Legendas das imagens:
Imagem 1: Nadia Kerecuk durante lançamento do livro do book club, em dia 13 de dezembro de 2019, na Embaixada do Brasil em Londres (Foto: Divulgação)
Banner e imagem 2: Encontro presencial durante os jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto de 2016, na Embaixada do Brasil em Londres (Foto: Divulgação)
Imagem 3: Capa do livro (Foto: Divulgação)

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é um órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC). (Brasília – Redação CGCOM/CAPES)

Filtro Categorias

Artigos relacionados

Conceição Evaristo é a nova imortal da Academia Mineira de Letras

Conceição Evaristo é a nova imortal da Academia Mineira de Letras

PMC do IBGE aponta queda de 4,5% no setor de livros e revistas em 2023

PMC do IBGE aponta queda de 4,5% no setor de livros e revistas em 2023

‘Café com Deus Pai’ para crianças e Selton Mello estreiam na Lista Nielsen PublishNews

‘Café com Deus Pai’ para crianças e Selton Mello estreiam na Lista Nielsen PublishNews

“Um Defeito de Cor”: romance eleva-se nas vendas após desfile da portela no carnaval

“Um Defeito de Cor”: romance eleva-se nas vendas após desfile da portela no carnaval

A literatura brasileira desfilou nos sambódromos no carnaval de 2024

A literatura brasileira desfilou nos sambódromos no carnaval de 2024

Shopee começa a se destacar na venda de livros com preços atrativos e promoções de frete grátis

Shopee começa a se destacar na venda de livros com preços atrativos e promoções de frete grátis