8º Prêmio Kindle de Literatura anuncia finalistas

Finalistas do prêmio da Amazon, realizado em parceria com o Grupo Editorial Record e TAG Experiências Literárias, terão as suas obras produzidas e distribuídas em formato de audiolivro pela Audible

Amazon Brasil anunciou os finalistas da 8ª edição do Prêmio Kindle de Literatura, realizado em parceria com o Grupo Editorial Record e TAG Experiências Literárias.

Foram escolhidos:

  • A voz que ninguém escutou, por Renan Silva
  • As grandes navegações, por Gael Rodrigues
  • Frio, por Tiago Magalhães Ribeiro
  • Utopia, Pandemia, Cabeça de Boi, por Alex R.F
  • Todos os caminhos me levam ao mar, por Renata Pereira

Neste ano, os autores participantes puderam inscrever suas obras por meio do Kindle Direct Publishing (KDP), de 1º de maio a 31 de agosto. Todos os finalistas serão apresentados nas comunicações para clientes da Amazon com um selo de livro “Finalista” na capa da versão original não editada do e-book e terão as suas obras produzidas e distribuídas em formato de audiolivro pela Audible, aumentando as oportunidades de alcançar um público ainda maior.

“É com muita felicidade que anunciamos os grandes finalistas desta edição. Nos empenhamos em sempre contribuir para abrir novas oportunidades a autores independentes e dar espaço para jovens escritores”, declara Ricardo Perez, gerente-geral de livros da Amazon Brasil. “As premiações que promovemos nos apoiam na missão de contribuir para o fortalecimento da literatura nacional, uma vez que a cada edição milhares de novas obras são publicadas via KDP e ganham espaço no cenário literário”, afirma.

Este ano, a premiação conta com grandes nomes da literatura nacional compondo o time de jurados, como Eliane Potiguara, Eliana Alves Cruz e Marcelino Freire, que escolherão a obra vencedora após uma avaliação criteriosa analisando tanto o mérito literário quanto o comercial.

A obra vencedora – que será anunciada em fevereiro de 2024 – receberá R$ 50 mil, sendo R$ 40 mil como um prêmio em dinheiro e R$ 10 mil em adiantamento dos direitos autorais pela publicação da versão impressa do livro pelo Grupo Editorial Record. A obra também terá uma edição especial pela TAG Experiências Literárias e será enviada aos seus assinantes da modalidade TAG Curadoria. Além disso, o prêmio também terá um cupom no valor de R$ 5 mil para compras de livros no site do Grupo Editorial Record.

Sobre as obras:

A voz que ninguém escutou é a de Maria que decide fugir da miséria e violência levando dois filhos para a capital na esperança do tão desejado emprego. É a voz de Inácio, um menino sequestrado e escravizado por um fazendeiro inescrupuloso, em busca de uma família para si. É a voz de Inês, a filha da empregada doméstica que sobrevive nos fundos da mansão de um poderoso banqueiro vivenciando cotidianamente as diferenças de classe, sonhando com um Brasil mais justo. É a voz de Vânia uma jornalista que acaba de assistir à tragédia de sua mãe e após uma grande revelação tenta reconstruir sua história ao mesmo tempo em que encontra novas formas de amar. É a voz deste que escreve estas palavras. É a voz de um país que esqueceu de lembrar do passado.

As grandes navegações: Leonildo é um homem albino que nasceu em cima de um baobá enquanto uma enchente destruía Beira, cidade de Moçambique. Guilherme foge de Pedra Bonita, na Paraíba, e em São Paulo, espera a oportunidade de nascer. Os dois apesar de viverem em países tão distantes têm muito em comum. Sobrevivem como podem em Ocupações que décadas atrás foram hotéis de luxo. Ambos, são apontados como estranhos e até monstros. Dois homens exilados no pouco espaço que lhes cabe. Mal têm o que comer mas sonham. Moçambique e Brasil, dois países que aos poucos se revelam tão próximos. Dois homens, separados por oceanos, que irão se encontrar numa amizade inesperada e inesquecível. E irão juntos lutar contra um passado que teima não ter fim.

Frio é a de Vila, uma espécie de Hamlet do mundo contemporâneo, um homem em busca do pai, inseguro e despreparado para o desafio com o qual se defronta. De volta à sombria Cidadezinha, cenário de sua infância, ele quer saber o que aconteceu com seu pai, mas se vê perturbado por sonhos e lembranças que o afundam em um torpor paralisante. Vila acaba enredado em uma espiral de mistério e barbárie envolvendo o desaparecimento do pai, a figura suspeita e dominadora do tio, uma antiga namorada por quem talvez ainda tenha sentimentos, um ex-colega de escola envolvido em nebulosas tramas políticas e um velho professor, seu mentor no passado, hoje um sujeito recluso e sem qualquer esperança na vida e na humanidade. Perdido na névoa entre o sonho e a realidade, cercado pelo mato e pelo barro e acossado por um frio sobrenatural, Vila confronta os fantasmas do passado enquanto agoniza em uma luta para entender quem ele mesmo é e o que realmente deseja.

Utopia, Pandemia, Cabeça de Boi: Durante uma pandemia, pai e filho buscam refúgio em uma fazenda comunitária no interior de Minas Gerais.

Todos os caminhos me levam ao mar: Júlia vive num pequeno mundo cercado pelo mar. Sufocada pela vida que gira em torno do homem sagrado de seu povo, o Profeta, e da água, ela começa a desconfiar que talvez o mundo não seja tão pequeno quanto ela pensa. Ao descobrir um segredo sobre a sua irmã e o Profeta, sua realidade muda para sempre, assim como a daqueles que vivem nesse simulacro que aparentava ser todo um universo.

Filtro Categorias

Artigos relacionados

Conceição Evaristo é a nova imortal da Academia Mineira de Letras

Conceição Evaristo é a nova imortal da Academia Mineira de Letras

PMC do IBGE aponta queda de 4,5% no setor de livros e revistas em 2023

PMC do IBGE aponta queda de 4,5% no setor de livros e revistas em 2023

‘Café com Deus Pai’ para crianças e Selton Mello estreiam na Lista Nielsen PublishNews

‘Café com Deus Pai’ para crianças e Selton Mello estreiam na Lista Nielsen PublishNews

“Um Defeito de Cor”: romance eleva-se nas vendas após desfile da portela no carnaval

“Um Defeito de Cor”: romance eleva-se nas vendas após desfile da portela no carnaval

A literatura brasileira desfilou nos sambódromos no carnaval de 2024

A literatura brasileira desfilou nos sambódromos no carnaval de 2024

Shopee começa a se destacar na venda de livros com preços atrativos e promoções de frete grátis

Shopee começa a se destacar na venda de livros com preços atrativos e promoções de frete grátis