PMC do IBGE aponta queda de 4,5% no setor de livros e revistas em 2023

Setor volta a acumular perdas no ano 2023 após 2022 ter apresentado o maior crescimento anual (14,8%) da série, iniciada em 2004

O IBGE divulgou na última semana os resultados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) final de 2023, referente a dezembro. O volume de vendas no comércio varejista nacional caiu 1,3% frente a novembro, na série com ajuste sazonal. A atividade de Livros, jornais, revistas e papelaria caiu 2,3% em relação a novembro.

Já em comparação com dezembro do ano passado, a queda foi de 7,6%, em volume, contabilizando 11 meses seguidos de resultados negativos.

Com isso, o setor voltou a acumular perdas no ano 2023 (-4,5%) após 2022 ter apresentado o maior crescimento anual (14,8%) da série (que se inicia, para esse indicador, em 2004). Segundo o IBGE, vale destacar que o ano de 2022 rompeu uma sequência de oito anos de perdas, de 2014 a 2021, reverberando a migração do consumo de produtos ofertados por empresas dessa atividade (livros físicos) para outras formas de comercialização (plataformas digitais).

Varejo avança 1,7% em 2023, sétimo ano consecutivo de resultados positivos

O comércio varejista geral acumulou crescimento de 1,7% em 2023, fechando o sétimo ano consecutivo com ganhos e com desempenho superior a 2022 (1,0%), que havia registrado o menor resultado desde 2016. No varejo ampliado, o resultado foi positivo em 2,4%, invertendo trajetória negativa de 2022 (0,6%), primeiro ano a acumular perdas desde 2020.

Sete das onze atividades, no âmbito do comércio varejista ampliado, acumularam ganhos em 2023: Veículos e motos, partes e peças (8,1%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (4,7%), Combustíveis e lubrificantes (3,9%), e Hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (3,7%), Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (2,0%), Móveis e eletrodomésticos (1,0%) e Atacado especializado em produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,0%).

Quatro atividades terminaram 2023 com perdas em relação a 2022: Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-10,9%), Tecidos, vestuário e calçados (-4,6%), Livros, jornais, revistas e papelaria (-4,5%) e Material de construção (-1,9%).

Filtro Categorias

Artigos relacionados

Morre, aos 91 anos, Ziraldo, o criador de ‘O Menino Maluquinho’

Morre, aos 91 anos, Ziraldo, o criador de ‘O Menino Maluquinho’

Escritora de Uberaba é primeira mulher a vencer prêmio literário internacional

Escritora de Uberaba é primeira mulher a vencer prêmio literário internacional

Unesco escolhe Rio de Janeiro como Capital Mundial do Livro 2025

Unesco escolhe Rio de Janeiro como Capital Mundial do Livro 2025

Audiência pública vai discutir o novo edital do PNLD para o ensino médio

Audiência pública vai discutir o novo edital do PNLD para o ensino médio

Livros discutem os 60 anos do golpe militar de 1964

Livros discutem os 60 anos do golpe militar de 1964

Academia Mineira de Letras abre inscrições para curso sobre clássicos da literatura

Academia Mineira de Letras abre inscrições para curso sobre clássicos da literatura