Se você procura uma casa de apostas confiável no Brasil para apostas esportivas e cassinos online, a Mostbet é a escolha certa. As apostas desportivas na Mostbet significam probabilidades altas, vários bónus e promoções, bem como apostas grátis e rodadas grátis. E para não perder um único momento do jogo, baixe nosso prático aplicativo mobile!

36ª Feira do Livro de Bogotá inicia com presença do Presidente Lula e Margareth Menezes

Lula e Menezes também se juntam ao presidente da Colômbia Gustavo Petro, para a inauguração do Pavilhão do Brasil – espaço com 3.600m² e que apresentará a produção literária, cultural e artística brasileira

Feira Internacional do Livro de Bobotá (FILBo) inicia nesta quarta (17) sua 36ª edição. Tendo o Brasil como país convidado de honra, o evento contará com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e da ministra da Cultura, Margareth Menezes, que inauguram – ao lado do presidente da Colômbia, Gustavo Petro – o pavilhão brasileiro.

Com 3.600m², o espaço foi desenvolvido pelas agências Farm House of Creativity e Prado e sua abertura marca o início das festividades e do intercâmbio cultural entre os dois países.

A iniciativa está sendo realizada pelo Instituto Guimarães Rosa, integrante do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, em coordenação com o Ministério da Cultura, e contra com os patrocínios de Banco do Brasil, Petrobras, Correios, Caixa, co-patrocínio do BNDES, apoios da Apex Brasil e Câmara Brasileira do Livro (CBL).

As participações dos presidentes e a presença de diversos ministros brasileiros reforçam a importância da feira para as relações culturais e comerciais entre o Brasil e a Colômbia. O Pavilhão Brasileiro na FILBo oferece uma imersão nos diversos biomas do Brasil e celebra sua diversidade cultural, com especial destaque para a Amazônia, que também é parte do território colombiano. (Confira todos os detalhes abaixo)

O espaço contará com exposições variadas, homenagens a escritores contemporâneos brasileiros, exibições de conteúdo audiovisual e uma série de oficinas.

A expectativa é de que o Pavilhão Brasileiro, um dos mais visitados da feira, atraia cerca de 50 mil pessoas por dia, contribuindo significativamente para o total de mais de 600 mil visitantes esperados durante o evento.

De acordo com o Ministro Marco Antonio Nakata, diretor do Instituto Guimarães Rosa do Ministério das Relações Exteriores, “é uma grande oportunidade para o Brasil ser novamente convidado de honra da FILBo, uma vez que esse reiterado reconhecimento destaca a relevância da literatura brasileira no contexto sul-americano. Essa homenagem, que acontece um mês depois de o Brasil ser convidado de honra da Feira Internacional do Livro de Havana e três meses antes de o Brasil ser o país homenageado na Feira Internacional do Livro de La Paz, expressa o crescente interesse e reconhecimento internacional pela riqueza e pela diversidade da cultura e literatura brasileiras”.

Nesta terça (16), a Câmara Brasileira do Livro também anunciou a Colômbia como país convidado de honra da Bienal Internacional do Livro de São Paulo 2024.

Participação de autores e programação literária espelham a diversidade do Brasil

A delegação brasileira inclui aproximadamente 25 autores representando uma variedade de gêneros, incluindo romances, não ficção, quadrinhos e literatura infantojuvenil. Entre os destaques estão Ailton Krenak, Luciany Aparecida, Marcello Quintanilha, Eliane Potiguara, Bernardo Carvalho, Daiara Tukano e Jefferson Costa.

Os autores participarão ativamente de debates e sessões culturais que exploram a relevância da literatura brasileira no cenário internacional, com ênfase especial em sua interação com a temática da feira deste ano: “Leia a Natureza”.

Além dos autores, 12 empresas brasileiras irão expor as suas novidades no pavilhão brasileiro.

As empresas selecionadas são: Jujuba, FUNCAMP, Pingo de Luz, Ateliê da Escrita, Global Editora, Mil Caramiolas, Solisluna, Panda Books, Mais Ativos, ÔZé Editora, Callis e a Companhia das Letras. A delegação será composta, também, por Sevani Matos, presidente da CBL; Fernanda Garcia, diretora-executiva da câmara; Rayanna Pereira, coordenadora do projeto de internacionalização, e Ana Claudia Paiva, analista de relações internacionais do Brazilian Publishers.

As informações completas, contemplando todos os escritores participantes e programação do Pavilhão Brasileiro, estão disponíveis no site da FILBo.

Detalhes sobre o pavilhão do Brasil

O Pavilhão Brasileiro na 36ª edição da Feira Internacional do Livro de Bogotá é uma celebração dos diversos e ricos biomas do Brasil. O design do espaço foi planejado para refletir a complexidade e a beleza de cada bioma brasileiro, utilizando materiais sustentáveis e técnicas de design inovadoras.

Na entrada principal, a área dedicada à Amazônia é o centro do Pavilhão, destacando a importância deste vasto bioma que o Brasil compartilha com a Colômbia. Esta seção utiliza projeções audiovisuais para recriar a densidade e a biodiversidade da floresta, completas com sons ambiente reais. Uma instalação de realidade aumentada permite aos visitantes interagir com a fauna e a flora locais, proporcionando uma experiência rica e educativa.

O Cerrado é representado através de elementos visuais e texturais que simulam suas vastas savanas e chapadas. Exposições fotográficas e painéis informativos nesta área destacam a flora e fauna únicas do bioma, além de discutir questões de conservação pertinentes. Já para o Pantanal, o espaço apresenta uma área que se concentra tanto no ecossistema aquático quanto no terrestre, com grandes telas que exibem a vida selvagem e as paisagens inundadas característica deste bioma. Uma maquete interativa demonstra como a água regula a vida no Pantanal ao longo das estações, oferecendo insights sobre este ecossistema único.

A Mata Atlântica é densamente decorada com réplicas de árvores e plantas típicas, onde os visitantes podem aprender sobre a biodiversidade e os desafios de conservação deste bioma. Oficinas educativas sobre a utilização sustentável dos recursos da Mata Atlântica são oferecidas para engajar os visitantes de maneira prática e informativa. Enquanto o Pampa é retratado com um layout que imita os campos abertos do sul do Brasil, incluindo instalações artísticas que representam a vida rural e a cultura gaúcha, complementadas por apresentações ao vivo de música tradicional e dança.

Finalmente, a Caatinga, o único bioma exclusivamente brasileiro, é representada em uma área que utiliza cores terrosas e vegetação resistente para ilustrar a adaptabilidade da vida em condições áridas. Esta seção destaca as estratégias de sobrevivência das espécies que habitam este ambiente severo, proporcionando uma compreensão aprofundada das adaptações necessárias para a vida na Caatinga.

O Pavilhão também conta com exposições de arte, com obras de artistas brasileiros que utilizam materiais naturais e técnicas que refletem a consciência ambiental. Além disso, há uma programação de palestras e debates que reúnem autores, cientistas e ambientalistas para discutir a intersecção entre cultura, literatura e preservação ambiental, oficinas de histórias em quadrinhos complementadas por uma variedade de outras oficinas culturais que vão desde literatura até samba e capoeira, proporcionando uma rica experiência cultural brasileira.

Fonte: PublishNews

Filtro Categorias

Artigos relacionados

PNLD vai passar a atender também bibliotecas públicas e comunitárias

PNLD vai passar a atender também bibliotecas públicas e comunitárias

Felipe Neto lançará livro pela Companhia das Letras

Felipe Neto lançará livro pela Companhia das Letras

Alice Munro, prêmio Nobel de literatura, morre aos 92 anos

Alice Munro, prêmio Nobel de literatura, morre aos 92 anos

Venda de livros sobe pela primeira vez desde junho de 2023; faturamento do setor cresce 15,95%

Venda de livros sobe pela primeira vez desde junho de 2023; faturamento do setor cresce 15,95%

Companhia das Letras inaugura centro de distribuição para atender oito estados da região Nordeste

Companhia das Letras inaugura centro de distribuição para atender oito estados da região Nordeste

Amazon Brasil abre inscrições para 9ª edição do Prêmio Kindle de Literatura

Amazon Brasil abre inscrições para 9ª edição do Prêmio Kindle de Literatura