Se você procura uma casa de apostas confiável no Brasil para apostas esportivas e cassinos online, a Mostbet é a escolha certa. As apostas desportivas na Mostbet significam probabilidades altas, vários bónus e promoções, bem como apostas grátis e rodadas grátis. E para não perder um único momento do jogo, baixe nosso prático aplicativo mobile!

Dia Mundial do Livro: 8 obras para ler e comemorar a data

Confira livros de suspense, romance e poesia a partir de R$ 26,00

No dia 23 de abril comemora-se o Dia Mundial do Livro. A data foi escolhida como tributo aos escritores Miguel de Cervantes, Inca Garcilaso de la Vega e William Shakespeare, que morreram em 23 de abril de 1616. O dia é de reflexão sobre a importância da literatura e como ela abre portas para o conhecimento. Pensando nisso, listamos oito obras para você conhecer e comemorar a data:

Divinos rivais, por Rebecca Ross

Divinos rivais, por Rebecca Ross — Foto: Reprodução/Amazon
Divinos rivais, por Rebecca Ross — Foto: Reprodução/Amazon

Após séculos adormecidos, os deuses estão em guerra novamente. No entanto, a única preocupação de Iris Winnow, uma jovem jornalista de dezoito anos, é manter sua família unida e em segurança. Enquanto a mãe de Iris sofre para superar um vício e o irmão está desaparecido em meio às trincheiras da guerra, a melhor forma de a garota atingir seu objetivo é conquistando a vaga de colunista no jornal onde trabalha, a Gazeta de Oath. Enquanto isso, para lidar com suas preocupações, Iris escreve cartas para o irmão. Porém, misteriosamente, elas vão parar nas mãos de Roman Kitt, seu insensível e fascinante rival na redação do jornal. Quando ele passa a responder anonimamente as cartas, os dois criam uma conexão mágica que seguirá Iris até a linha de frente da batalha, em uma busca por seu irmão, pela salvação da humanidade e pelo amor. Compre neste link por R$ 41,18.

Tudo é rio, por Carla Madeira

Tudo é rio, por Carla Madeira — Foto: Reprodução/Amazon
Tudo é rio, por Carla Madeira — Foto: Reprodução/Amazon

Com uma narrativa madura, precisa e ao mesmo tempo delicada e poética, o romance narra a história do casal Dalva e Venâncio, que tem a vida transformada após uma perda trágica, resultado do ciúme doentio do marido, e de Lucy, a prostituta mais depravada e cobiçada da cidade, que entra no caminho deles, formando um triângulo amoroso. Compre neste link por R$ 39,83.

O mistério de Sittaford, por Agatha Christie

O mistério de Sittaford, por Agatha Christie — Foto: Reprodução/Amazon
O mistério de Sittaford, por Agatha Christie — Foto: Reprodução/Amazon

Mrs. Willet e sua filha Violet alugam a mansão Sittaford para passar o inverno, uma propriedade de Mr. Trevelyan. Em uma tarde tempestuosa, convidam os vizinhos para uma visita. Como passatempo, escolhem algo inesperado: uma sessão espírita. Mas, para a surpresa de todos, o espírito soletra uma mensagem macabra denunciando que Mr. Trevelyan foi assassinado. A única maneira de ter certeza de que ele está à salvo é enfrentando o caminho de seis milhas até a casa do capitão sob um temporal. Para apurar o caso, o Inspetor Narracott entra em cena. E não apenas as suas investigações, mas também as realizadas paralelamente, revelarão segredos mais assustadores do que qualquer contato com o além. Compre neste link por R$41,17.

Um defeito de cor, por Ana Maria Gonçalves

Um defeito de cor, por Ana Maria Gonçalves — Foto: Reprodução/Amazon
Um defeito de cor, por Ana Maria Gonçalves — Foto: Reprodução/Amazon

No livro, Kehinde narra em detalhes a sua captura, a vida como escravizada, os seus amores, as desilusões, os sofrimentos, as viagens em busca de um de seus filhos e de sua religiosidade. Além disso, mostra como conseguiu a sua carta de alforria e, na volta para a África, tornou-se uma empresária bem-sucedida, apesar de todos os percalços e aventuras pelos quais passou. A personagem foi inspirada em Luísa Mahin, que teria sido mãe do poeta Luís Gama e participado da célebre Revolta dos Malês, movimento liderado por escravizados muçulmanos a favor da Abolição. Compre neste link por R$ 72,92.

Cartas a um jovem poeta, por Rainer Maria Rilke

Cartas a um jovem poeta — Foto: Reprodução/Amazon
Cartas a um jovem poeta — Foto: Reprodução/Amazon

Um dos mais icônicos compilados de dicas sobre como se tornar um bom escritor, Cartas a um jovem poeta é, acima de tudo, uma conversa franca sobre a vida. Como um caderno pessoal, a edição da Antofágica é um convite para o desbloqueio da criatividade e um guia para os caminhos da imaginação. No fim de 1902, prestes a assumir uma profissão contrária às suas aptidões, o jovem Franz Kappus decide escrever para o aclamado poeta Rainer Maria Rilke, um de seus ídolos na arte da escrita. Para a surpresa de Kappus, sua carta é não apenas bem-recebida, mas se torna o início de uma intensa e transformadora correspondência entre os dois. Em meio a viagens, períodos festivos e épocas de extrema reclusão, as cartas de Rilke funcionam como uma espécie de âncora, enquanto mestre e discípulo navegam por suas próprias experiências. Indo além de conselhos práticos sobre como ser poeta, Rilke reflete sobre existência, literatura e a união entre essas duas forças ― acima de tudo, oferece a Kappus maneiras de contornar e, acima de tudo, enfrentar a vida. Compre neste link por R$ 61,12.

Deus na escuridão, por Valter Hugo Mãe

Deus na escuridão, por Valter Hugo Mãe — Foto: Reprodução/Amazon
Deus na escuridão, por Valter Hugo Mãe — Foto: Reprodução/Amazon

Como os pássaros, os irmãos Pouquinho e Felicíssimo vivem nas alturas, em casas incrustadas em uma rocha íngreme na pequena comunidade do Buraco da Caldeira, na Ilha da Madeira. É ali, entre a natureza indomável, uma paisagem mítica e a fé imensurável, que eles passam os seus dias em meio à labuta diária, movidos por um amor sublime, que corteja o divino. Desde o nascimento de Pouquinho, Felicíssimo soube que lhe caberia a função de cuidar do irmão caçula, que nasceu com uma condição física incomum e flanava em algum lugar entre o estranho e o santificado. Felicíssimo, porém, aceita desde o primeiro momento esse compromisso não como um dever, mas como um ato supremo de afeição. Compre neste link por R$ 67,92.

Bunny, por Mona Awad

Bunny, por Mona Awad — Foto: Reprodução/Amazon
Bunny, por Mona Awad — Foto: Reprodução/Amazon

Samantha Heather Mackey não poderia estar mais deslocada como bolsista do seletivo programa de artes da Universidade Warren. Localizada na Nova Inglaterra, a instituição é famosa por receber a elite norte-americana. Tímida por natureza, Samantha prefere a companhia de sua imaginação sombria do que das outras pessoas, em especial suas colegas da turma de Escrita Criativa, um grupo de garotas ricas, lindas e mimadas que chamam umas às outras de “Bunny”. As coisas começam a mudar quando Samantha recebe um convite para uma das famosas festas das Bunnies e logo é atraída pelo estilo de vida sofisticado ― e um tanto sinistro ― das novas amigas. À medida que começa a se tornar uma Bunny, Samantha desvenda segredos macabros e descobre que a beleza e a perfeição são muito mais diabólicas do que os monstros que ela criava em sua própria mente. Compre neste link por R$ 51,90.

Coragem de viver, por Fabrício Carpinejar

Coragem de viver, por Fabrício Carpinejar — Foto: Reprodução/Amazon
Coragem de viver, por Fabrício Carpinejar — Foto: Reprodução/Amazon

“Certa vez, minha mãe viu uma flor esplêndida que brotara no muro. Floresceu escondida. Ela foi me apontar o achado. – Ela nasceu do impossível, viu? Achou um meio de crescer na pedra. Eu fiquei maravilhado com aquela planta aérea, que não denunciava pela aparência como alcançara tal proeza. Não havia terra nenhuma por perto. – O impossível é o nosso medo. Sem ele, somos possíveis. Não diga ‘nunca posso fazer’, festeje que é um novo jeito de fazer. Ainda que o jardim seja a parede. Eu compreendi que, atrás de cada coisa, de cada lugar, de cada acontecimento, longe de tudo e perto do que não vemos, há uma flor do impossível.” – Fabrício Carpinejar. Compre neste link por R$ 26,00.

FONTE: CASA VOGUE/BEATRIZ LOURENÇO

Filtro Categorias

Artigos relacionados

PNLD vai passar a atender também bibliotecas públicas e comunitárias

PNLD vai passar a atender também bibliotecas públicas e comunitárias

Felipe Neto lançará livro pela Companhia das Letras

Felipe Neto lançará livro pela Companhia das Letras

Alice Munro, prêmio Nobel de literatura, morre aos 92 anos

Alice Munro, prêmio Nobel de literatura, morre aos 92 anos

Venda de livros sobe pela primeira vez desde junho de 2023; faturamento do setor cresce 15,95%

Venda de livros sobe pela primeira vez desde junho de 2023; faturamento do setor cresce 15,95%

Companhia das Letras inaugura centro de distribuição para atender oito estados da região Nordeste

Companhia das Letras inaugura centro de distribuição para atender oito estados da região Nordeste

Amazon Brasil abre inscrições para 9ª edição do Prêmio Kindle de Literatura

Amazon Brasil abre inscrições para 9ª edição do Prêmio Kindle de Literatura